O Advogado De Forn Assegura Que Não Houve Declaração De Independência

“O que faz o acórdão do Tribunal de Contas é responsabilizar cada conselheiro das partidas efectuadas para este ato. E o que não faz o Tribunal é solidarizar este gasto”, garante. 19.53″Todos os consellers, parece que o acordo era de curta duração e sabiam que ia ser irreal realizar a tua iniciação”, insiste o advogado do ex-Mundó.

19.50 O advogado do ex de Justiça insiste na ausência do crime de peculato. “Os funcionários lhes era inaceitável optar ou autorizar despesas de outras secretarias, por causa de não se informam a respeito da contratação de novas entidades. Isso é recíproco. O único que podes observar o Ministério da Justiça são os contratos que aparecem no portal da transparência”, afirma. 19.44 Sobre o utensílio apreendido pela sede da Unipost: “O material não chegou a enviar por causa de antes de ser operado na Guarda Civil, de imediato havia se decidido a impossibilitar a encomenda”, relata o advogado Riba. 19.38 Riba garante que o serviço de Unipost não foi dada e, sendo assim, isso não afetou o patrimônio público. “Não há crime de malveración”, sustenta o advogado.

19h30 advogado Mundó fala sem demora do post quarenta e sete da lei das finanças: “Diz-se que a cada conselheiro corresponde a concorrência das despesas a teu cargo. Este é o escrito que cita a Advocacia do Estado em seu escrito de conclusões. Nem Mundó, ou de qualquer outro conselheiro tem jurisdição a respeito algumas ministérios”, observa Silva.

19.Vince e seis Riba tenha em mente que “todos os funcionários disseram que o acordo de 6 de setembro era de impensável realização e que não teve efeitos jurídicos”. 19.Quinze O advogado Riba lembra que “não houve nenhum recinto conectado à Secretaria de Justiça, a tabela de dois mil e pico utilizados para o refréndum ilegal”. O advogado de Mundó tem a tarefa de dizer que não houve desvio de valores públicos ou desobediência. 19.10″eu Me pergunto, e precisa fazê-lo também o tribunal, se o senhor Mundo adotou ou não um acordo que permitisse a realização do referendo. O ministério público não concretizado que a ação poderia inicidir pela celebração e não o fez pelo motivo de não existe nenhuma ação”, garante Riba em defesa do ex-Mundó.

  • 125, Porque eles têm sido apagado o meu artigo
  • Culturas com pouca água
  • um Específicas do provedor de plataforma de televisão inteligente
  • dois história 2.Um Origens
  • 7 Linguagens de programação
  • 2 Jean Piaget

19.07 Toma a expressão Josep Riba, advogado do ex de Justiça Carles Mundó. 19.05 Pina conclui o teu relatório e diz ter registado, nesta manhã, um escrito por qualquer um de seus clientes, pedindo a liberdade uma vez terminado o julgamento. 19.01 Pina fala sobre o dia seguinte ao 1-0. “Eu iria para a minha casa, se deste dia tivessem sido destruídos automóveis.

Houve 20.000 pessoas e não quebrou nem uma lixeira. Tudo isto no meio do amplo insureccionismo que se está revelando por aqui”, reconhece o advogado. 18.57 Jordi Pina —o advogado de Jordi Sànchez, Jordi Turull e Josep palm beach— fala sobre a atividade exercida na CNA em 1-0. “A Sala tem visto os voluntários da ANC. Fazem um serviço muito considerável nessas manifestações”, diz.

18.50″É normal empreender um crime de sedição ou rebelião e comunicá-lo às autoridades? Esta parte que disponibilizou o dado de que ele ia fazer um protesto pela Concierge. Há que ser muito desajeitado para cometer um crime e comunicar as autoridades”, argumenta Pina sobre as manifestações do 20-A no Ministério da Economia. 18.45 O advogado Pina critica a atuação do Ministério público: “Nenhuma cidade que se diz que o senhor fez Sànchez são certas.

Não foi testado e foi, por que você não quis fazer provas sobre isso as mesmas”, garante. 18.38″Os senhores que estão por aqui sentados recolhem a luva de que os cidadãos proclamam. A ANC canaliza o desejo dos cidadãos”, defende Pina. 18.33 Pina diz que “Sànchez insuficiente deve explicar por um a 0, em razão de deste dia era um cidadão como cada outro. Havia requerimentos em média Catalunya.