10 Receitas Para o Fracasso NE002

Errar com o comércio eletrônico não é dificultoso. Quase seis bilhões de pesetas. Ou o que é o mesmo, 36.000 milhões de dólares. Este número representa um acrescentamento de 145% em conexão ao ano passado, quando mudaram de mãos 14.900 milhões de dólares (2,quatro 1000 milhões de pesetas) por meio da Rede.

No tempo em que isto acontece no mundo, no Brasil os números não são um convite ao otimismo. Segundo um estudo da Universitat Oberta de Catalunya (UOC), o comércio eletrônico irá se mover no nosso estado este ano, uma quantidade ainda modesta: 8.000 milhões de pesetas (em torno de 50 milhões de dólares).

Existem causas de todo o tipo, incluindo as culturais, pra esta diferença. Porém um dos fatores mais essenciais é que a oferta em Portugal é escassa e necessitado. Deste modo, 90,5% dos internautas que executam tuas compras pela Rede considera a oferta de lojas de eletrônicos espanhóis definitivamente insuficiente, segundo um estudo da Visa Internacional. E não é esquisito quando se pensa que, de acordo com um relatório da Andersen Consulting, somente um terço das grandes corporações do nosso nação tem-se clara a seriedade do comércio eletrônico.

Este desconhecimento do meio faz com que, quando finalmente resolvem lançar uma solução de comércio electrónico, as empresas cometem muitos erros. Obviamente, não é simples escarmentar em cabeça alheia. Entretanto esses são alguns dos erros mais frequentes que cometem aqueles que criam um comércio eletrônico e que devia evitar se quiser ter sucesso. 1 Não se especializar.- É contínuo que os comerciantes espanhóis pela Rede sejam muito generalistas. Seguem o modelo do enorme hipermercado, sem perceber que o que triunfa pela Rede é a superespecialización em um tipo de produtos.

  • Tipo de rede de comunicação informal
  • Como se distribuem as tarefas e quem são os maiores responsáveis pelas mesmas
  • Tomar conta de idosos ao domicílio
  • Componente terrestre: soldados das brigadas móveis do Exército da Colômbia
  • dois Algumas características 2.Um Segmentação de mercado

Além do mais, é freqüente que não estejam claros os objetivos do web site, ou as mensagens mais importantes sejam sepultados entre dica menos grave. Melhor encaminhar-se direto ao ponto. Dois Não auxiliar com um valor acrescentado.- A enorme maioria dos sites de comércio eletrônico do nosso país não trazem nada que neste instante não exista. E se o potencial cliente não localizar nenhuma vantagem no valor ou serviço, improvavelmente vai alterar seus hábitos de compra.

Corporações como Amazon descollaron em consequência a descontos de até 40%. E, nos Estados unidos, muitas lojas oferecem o transporte até a moradia do cliente. Assim como é comum acrescentar ferramentas para orientar produtos em atividade dos gostos do internauta ou o preço máximo que está disposto a pagar. Três Não difundir certeza.- A segurança e a confidencialidade dos fatos neste momento não é um defeito tecnológico, assumindo-se que se ponham todos os meios para isso.

Entretanto isto não foi transmitida a cada um dos internautas. Um website da internet que você deseja vender na Rede necessita pôr muita ênfase em destacar ao freguês que nem seus dados ou teu dinheiro estará em perigo em nenhum instante. Se existe uma mínima indecisão, o mais possível é que a compra não seja praticada. Quatro Não usar um excelente design.- Esta tarefa é fundamental, e não terá de ser confiada, contudo para profissionais de peculiaridade comprovada.